Nesta quinta-feira (13), a Casa Branca se reúne com as principais gigantes da tecnologia para discutir segurança de software. O governo norte-americano recebe o Google, Apple, Amazon, IBM, Microsfot, Meta (antigo Facebook) e Oracle Corp, depois que os Estados Unidos sofreram com uma série de ataques cibernéticos em 2021.

Os executivos-chefes das big techs receberam uma carta de Jake Sullivan, conselheiro de segurança nacional da Casa Branca, em dezembro. A mensagem foi enviada depois que se descobriu uma vulnerabilidade de segurança em um software de código aberto chamado Log4j.

publicidade

Leia mais:

Este é usado por organizações de todo o mundo, para registrar dados em seus aplicativos. Assim, na carta, o conselheiro citou que é uma “preocupação chave de segurança nacional” o software de código aberto amplamente usado e mantido por voluntários.

Ao invés de Sullivan, que organiza a reunião desta quinta é Anne Neuberger, vice-conselheira de segurança nacional para tecnologia cibernética e emergente. Além de discutir as preocupações, a ideia é também debater como melhorar a segurança do software de código aberto.

O governo dos Estados Unidos sofreu com uma série de ataques em 2021. Imagem: Pira25 – Shutterstock

As big techs terão a companhia de agências governamentais norte-americanas na reunião na Casa Branca, incluindo o Departamento de Segurança Interna, o Departamento de Defesa e o Departamento de Comércio. O tema é uma das maiores prioridades do governo do presidente Joe Biden.

No ano passado, a sequência de ataques cibernéticos no país expuseram milhares de registros mantidos por empresas e agências governamentais a hackers. De acordo com o governo dos Estados Unidos, um dos ataques foi provavelmente orquestrado pela Rússia.

Via: Reuters

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!