Rafael Portugal é o comediante que não sai da mente do povo. O ator carimbou o seu humor em diversos lugares e fez de seu nome, um sucesso. Integrante do ‘Porta dos Fundos’ e ‘A Culpa é do Cabral’, e dando vida ao quadro ‘CAT BBB’ no Big Brother Brasil, o ator e humorista conquistou mais um passo recentemente.

Agora, com a estreia do filme ‘Juntos e enrolados’ nas telonas de todo o Brasil, Rafael Portugal já pode falar que é um protagonista do cinema. Isso porque a comédia romântica marca o seu primeiro longa-metragem em um dos papéis principais e ainda ao lado de Cacau Protásio. O enredo conta a história de um casal que junta as suas economias para fazer uma festa de casamento, só que rompe a relação dias antes.

publicidade

“Eu nunca pensei na possibilidade de ser protagonista. Mas sempre quis, obviamente, fazer cinema, achava incrível a possibilidade de estar fazendo um filme nacional”, disse Rafael em entrevista.

Considerado o ‘Chapolin de Realengo’ e sempre visto sempre como o cara engraçado, não foi no humor que as portas se abriram para ele: “Lembro que o primeiro filme nacional a me causar impacto foi “Cidade de Deus”. “O auto da Compadecida” também. Sempre desejei fazer um filme assim de favela, sabe? Bandido, “trocação” de tiro e o caramba. Quando entrei (no teatro), queria fazer drama.”

Só que no filme, o foco é dar muita risada com o seu personagem, o bombeiro hidráulico Julio, que é apaixonado pela salva-vidas Daiana. Além disso, o elenco conta com atores como Leandro Ramos, Evelyn Castro, Fábio de Luca, Matheus Ceará, Marcos Pasquim, Emanuelle Araújo, Fafy Siqueira e Tony Tornado.

Sendo assim, com tanta gente boa no time, os bastidores e momentos de gravação só poderiam render muita história boa. “Fábio de Luca engasgou de verdade com um bem-casado. Só que o diretor achou que era interpretação. Vi na cara dele um pedido de socorro. Foi desesperador, a lágrima caindo, a galera batendo nas costas. Gritei: “Vai morrer, meu Deus!”. Depois, a gente riu muito”, relembrou Rafael Portugal.

Mas é claro que aa mente brilhante do comediante não para por aí, tanto que fora do cinema, ele segue fazendo sucesso, seja no teatro com suas peças, nas esquetes de humor ‘Porta dos Fundos’ ou compondo hits para nomes como Tierry, Onze:20 e Papatinho.

Embora não apresente mais o “CAT BBB” neste ano por conflitos de agenda, passando o cargo para Dani Calabresa), ele segue no ar em mais uma temporada do programa ‘A culpa é do Cabral’, no Comedy Central.

Leia mais!

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!