Nos próximos dias de maio, uma intensa e histórica onda de frio chegará e vai provocar uma queda acentuada de temperatura a partir deste segunda-feira (16) em todo o Brasil, de acordo com os serviços de meteorologia. A previsão é de neve e “chuva congelante” para estados da região Sul, além de geadas em outros lugares do país.

Por exemplo, temperaturas com mínima de 7 graus Celsius em São Paulo serão realidade na semana que vem. Segundo o Climatempo, uma massa polar intensa, junto com um ciclone extratropical, devem colocar os termômetros para abaixo de zero na região de Santa Catarina e em cidades da Serra Gaúcha.

publicidade

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), nesses dois estados há uma possibilidade pequena de ocorrência de neve entre a noite de segunda-feira (16) e a madrugada de terça (17).

Brasil enfrentará o que está sendo chamado nas redes de
Brasil enfrentará o que está sendo chamado nas redes de “erupção polar histórica” com frio atípico e intenso
(Imagem: Yahoo Notícias/Reprodução/Climatempo)

O frio será mais forte entre a próxima terça, dia 17, e quarta, dia 18. As baixas temperaturas deve continuar durante todo o mês de maio. Já neste final de semana, alguns fenômenos podem intensificar a queda de temperatura. Isso porque um ciclone deverá ficar estacionado vários dias no oceano e assim, aumentar a umidade no continente, enquanto uma grande massa de ar polar avança pelo país.

Essas combinações explicam a intensidade da onda de frio nos próximos dias. O fenômeno meteorológico pode desencadear a chamada “chuva congelante”, que é algo raro no Brasil, que acontece quando as gotas de água congelam antes de tocar a superfície do solo.

De quinta, dia 19 a domingo, dia 22, também há previsão de geada. As áreas mais atingidas serão na região Sul, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e no oeste do estado de São Paulo. Cidades do Paraná, como Curitiba, e São Paulo podem sofrer com baixas temperaturas, batendo recorde dos últimos seis anos, conforme informações do Climatempo.

A primeira onda de frio de 2022 será intensa o suficiente para chegar até estados do Norte. Especificamente, Rondônia e no Acre podem registrar queda brusca de temperatura, com termômetros marcando em torno de 10ºC.

Leia mais:

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!