A UFODrive, startup de alugel de carros elétricos na Europa, anunciou que está abrindo uma nova unidade nos Estados Unidos, mais especificamente em São Francisco. E são planejadas novas instalações em Nova York e Austin. 

A empresa já atua em em 16 cidades da Europa, incluindo Londres, Paris, Berlim, Amsterdã e Dublin, desde sua fundação em 2018, e desembarcou nos EUA em um momento crucial, onde o valor da gasolina está alto. 

publicidade

Leia também!

A ideia da UFODrive é facilitar o aluguel de carros elétricos, sem que o cliente precise falar pessoalmente com qualquer funcionário. Com planos diários, semanais e mensais, a empresa realiza a reserva dos veículos por meio de um aplicativo. 

No app, o cliente é orientado sobre todo o processo de verificação de identidade, localização do carro, verificação de possíveis danos, assinatura do contrato e até condução do automóvel. 

A companhia abriu duas baias de veículos no centro de São Francisco e trabalhou junto com a Inspiration para abastecer os locais com alguns carros da Tesla. A UFODrive deve adotar uma estratégia parecida com o que fez na Europa, ganhando popularidade com o deslumbramento pela Tesla para depois adicionar outros veículos a frota. 

Carros na estação da UFODrive
Imagem: Divulgação/UFODrive

“Desde o primeiro dia, nossa plataforma foi construída para identificar problemas antes que eles aconteçam. A equipe é avisada se um cliente não tiver concluído nenhuma das etapas de coleta, não ligar o veículo, estiver dirigindo com a bateria abaixo de 30%, com dificuldades para carregar em uma estação, etc. Nesses casos, nossa equipe pode entrar em contato proativamente para garantir que o cliente esteja bem, caso ainda não tenha entrado em contato conosco. Como resultado, nunca tivemos problemas de autonomia ou carregamento em mais de 20 milhões de kms percorridos”, disse o CEO da empresa, Aidan McClean.

A UFODrive não divulgou ainda seus preços em São Francisco, mas em Amsterdã, por exemplo, o aluguel de um Tesla para um final de semana pode custar aproximadamente US$ 200, dependendo do modelo.

Via: TechCrunch

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!