Existem diversos aplicativos para controlar a menstruação e a gravidez, e a cada dia que passa eles ficam mais famosos entre as mulheres. Porém, de acordo com um documento, esses apps não possuem uma grande proteção de privacidade e dados de seus usuários.

publicidade

Dados e informações vazadas em aplicativos de saúde no geral são sempre um grande problema, e essas falhas se encaixam em uma categoria bem preocupante já que agora o aborto é ilegal em diversos lugares dos Estados Unidos.

Leia mais:

Os aplicativos de controlar menstruação e gravidez armazenam informações que podem ser utilizadas para processar pessoas que realizam o aborto em locais que essa pratica é ilegal.

Porém, vale mencionar que essas informações até o momento não estão sendo muito utilizadas para vincular pessoas a abortos. Na maioria das vezes os dados utilizados ​​então vindo de textos, pesquisas do Google ou mensagens do Facebook.

Através de um comunicado, Caltrider, líder do guia Mozilla, informou: “As empresas que coletam informações pessoais e confidenciais de saúde precisam ser mais diligentes quando se trata da privacidade e segurança das informações pessoais que coletam, especialmente agora em nosso mundo pós-Roe vs Wade nos EUA”.

Aplicativos que controlam menstruação e gravidez têm péssima proteções de privacidade
Imagem: Nadia Snopek/Shutterstock

Essa pesquisa estudou 25 aplicativos e dispositivos mais populares que possuem esse serviço de controlar a menstruação e a gravidez. Assim sendo, a maior parte não informou se compartilharia informações com autoridades. 18 dos 25 receberam avisos da Mozilla sobre suas práticas de privacidade, incluindo o Clue Period & Cycle Tracker e Eve.

A Mozilla tem preocupações sobre as políticas de privacidade dos aplicativos e sobre como eles coletam, compartilham e protegem os dados do usuário. 

Por fim, em outro documento, a Mozilla lançou um relatório parecido sobre aplicativos de saúde mental em maio de 2022 e também descobriu que esses apps também deixam a desejar no quesito de proteção da privacidade do usuário. 

Como monitorar o ciclo menstrual pelo iPhone sem aplicativos terceiros

A princípio, em uma conta rápida, é possível dizer que pelo menos metade da população do planeta Terra menstrua, menstruou ou vai um dia menstruar. E, naturalmente, todas as pessoas que estão em idade fértil precisam saber quando começa e termina o ciclo menstrual. Para isso, é possível usar um aplicativo nativo do iPhone e até mesmo no Apple Watch, sem precisar de programas de terceiros.

Nos aparelhos com o iOS 13 e watchOS 6, ou posteriores, a contagem é feita pelo aplicativo Saúde, nos celulares, e Monitoramento nos relógios. Além disso, usuárias e usuários podem ainda ativar notificações para saber quando será o próximo período menstrual e até mesmo o fértil.

O aplicativo permite ainda que a pessoa adicione fatores que podem influenciar o ciclo menstrual. Dessa forma, basta acessar na aba ‘Explorar’ > ‘Acompanhamento de Ciclo’ há uma seção chamada ‘Registro de Ciclos’, onde é possível clicar configurar os fatores, como gestação, amamentação, uso de contraceptivos ou mesmo nenhuma destas alternativas.

Via: The Verge

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!