O CEO da Tesla, Elon Musk, vendeu US$ 3,95 bilhões em ações da fabricante de veículos elétricos, mostraram documentos regulatórios, dias depois de fechar o acordo de US$ 44 bilhões com o Twitter.

A última venda eleva o total de ações da Tesla vendidas por Musk para cerca de US$ 36 bilhões desde novembro do ano passado, deixando-o com participação de aproximadamente 14% na montadora mais valiosa do mundo, segundo cálculo da Reuters.

publicidade

Leia mais:

Musk descarregou 19,5 milhões de ações entre sexta e terça-feira, mostraram documentos publicados pela Comissão de Valores Mobiliários dos EUA na terça-feira (8).

A Tesla não respondeu imediatamente a um pedido da Reuters para comentar sobre o objetivo da venda de ações.

Os analistas esperavam amplamente que Musk vendesse mais ações da Tesla para financiar o acordo com o Twitter, embora o homem mais rico do mundo tivesse afirmado várias vezes que havia terminado de vender ações da Tesla.

Com informações de Reuters

Tesla pode exportar carros elétricos da China para os EUA em 2023

A Tesla considera exportar carros elétricos fabricados na China para os Estados Unidos, segundo informação exclusiva da agência internacional de notícias, Reuters.

À agência, duas fontes de dentro da montadora em Xangai disseram que a Tesla quer aproveitar e unir a lenta demanda dos consumidores chineses com o baixo custo de montagem dos carros elétricos na filial do Oriente.

Ainda de acordo com a Reuters, a empresa de Elon Musk estuda as peças fabricadas na China para saber se elas estão dentro do que as regulamentações da América do Norte exigem.

Confira a reportagem completa aqui.

Imagem destacada: Nadezda Murmakova/Shutterstock

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!