Em entrevista à CNN, Jeff Bezos, fundador da Amazon e a segunda pessoa mais rica do mundo de acordo com a Forbes, disse que está planejando doar parte de sua fortuna. Segundo o bilionário, ele pretende doar ao todo US$ 124 bilhões durante sua vida para causas de caridade.

Anteriormente, Bezos estava sendo criticado por não ter assinado o Giving Pledge, campanha criada pelo magnata norte-americano Warren Buffet e por Melinda French em que centenas de pessoas ricas de todo o mundo se comprometeram a doar parte de suas riquezas para caridade.

publicidade

Leia mais:

Bezos e Sanchez em entrevista a CNN (Imagem: Reprodução/CNN)

Quando questionado sobre os planos de doar parte de seu dinheiro, Bezos, que estava acompanhado de sua namorada, Lauren Sanchez, respondeu: “Sim, eu faço”.

De acordo com o casal eles estão “construindo a capacidade de poder doar este dinheiro”.

No último sábado, Bezos e Sanchez também anunciaram a doação de US$ 100 milhões para a cantora e filantropa Dolly Parton, a fim de direcionar o valor para causas de caridade.

Segundo a matéria do New York Times, em 2020, o bilionário prometeu doar US$ 10 bilhões para o combate de mudanças climáticas, ação que faz parte de sua iniciativa ‘Bezos Earth Fund”. Antes disso, sua maior doação foi de US$ 2 bilhões para apoiar famílias desabrigadas.

O fundador da Amazon é considerado pelo ranking da Forbes como a segunda pessoa mais rica do mundo com um patrimônio de US$ 171 bilhões, ficando atrás apenas de Elon Musk, CEO da Tesla e atual dono do Twitter com patrimônio de US$ 219 bilhões.

Já no índice de bilionários da Bloomberg, Bezos aparece em quarto lugar com um total de US$ 124 bilhões, ficando atrás de Gautama Adani (US$ 138 bilhões), Bernard Arnault (US$ 160 bilhões) e Elon Musk (US$ 189 bilhões).

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!