Viver no espaço é muito diferente do que viver em terra firme. Podemos começar pelo fato de não ser um lugar com as condições adequadas para abrigar a vida, sendo artificialmente preparado para tal. Mas, além disso, existem algumas coisas que os astronautas e cosmonautas não podem fazer de maneira alguma, sendo algumas delas inimagináveis para nós, que temos empregos normais.

Leia mais:

publicidade

A ausência da gravidade faz com que atividades corriqueiras, que muitas vezes fazemos no automático e sequer nos damos conta de que estamos realizando, se tornem simplesmente impossíveis. Ficou curioso para saber mais? Confira essa lista de 10 coisas que um astronauta não pode fazer no espaço e depois nos diga se vale a pena se privar disso pelo progresso da ciência.

Saborear alimentos

(A microgravidade afeta o olfato e o paladar dos astronautas, que não podem sentir o sabor dos alimentos. Créditos: NASA/Divulgação)

Estar no espaço afeta de maneira substancial todos os cinco sentidos, principalmente o olfato e o paladar. Após um certo período de tempo, os fluidos do corpo humano passam a se mover de maneira diferente, indo para a cabeça e preenchendo as passagens nasais, o que impacta a capacidade de sentir cheiros e, consequentemente, de sentir o sabor dos alimentos.

Comer pães e usar sal

Os astronautas não podem comer pães por conta das migalhas que se soltam durante o consumo do alimento. Esses restos, que ficam flutuando pela Estação Espacial Internacional, podem chegar a equipamentos do posto avançado e danificá-los. O mesmo vale para condimentos em pó, como sal e pimenta. Para temperar a comida, os astronautas usam versões líquidas de temperos.

Beber álcool

Essa não é por nenhuma razão prática, mas apenas moral. Apenas os astronautas dos Estados Unidos não podem consumir bebidas alcoólicas. Os russos, por sua vez, são encorajados a consumir conhaque para melhorar seus sistemas imunológicos. A proibição para os americanos se dá por conta da opinião pública, que não aceita que os astronautas do país, sendo na maioria das vezes militares, bebam álcool no espaço.

Defecar em um vaso sanitário

A ISS não conta com banheiro ou vaso sanitário, por conta disso, os astronautas e cosmonautas que ficam hospedados na estação têm que fazer um grande esforço para defecar. A cabine para este fim é estreita e não tem portas, apenas uma cortina. Além disso, o buraco que precisa ser acertado é bem estreito, e ainda há o risco de que as fezes escapem e fiquem flutuando pela estação.

Escrever com uma caneta esferográfica

Aquela história antiga de que foi necessário um projeto caro e longo para desenvolver uma caneta especial para se escrever no espaço não é 100% lenda. As canetas esferográficas precisam da ação da gravidade para que a tinta desça até a ponta, por isso, para escrever no espaço, os astronautas precisam de uma caneta com cartucho pressurizado com nitrogênio, que permite a escrita em gravidade zero.

Ter um sono saudável

Mulher deitada dormindo
Imagem: ruigsantos/shutterstock

Muita gente tem problemas com insônia, mas no espaço, ter um sono saudável é uma tarefa quase impossível. Em 24 horas, a ISS dá cerca de 16 voltas completas na órbita da Terra, isso significa que os astronautas experimentam pelo menos 15 pores-do-sol enquanto a gente viu um só. Com isso, eles não podem depender dos padrões de luz para regular seu sono.

Ter relações sexuais

Essa é mais uma proibição que entra no rol das regras morais e de comportamento da Estação Espacial Internacional. Os astronautas não podem fazer sexo nas dependências da estação, mas, mesmo se pudessem, dificilmente teriam privacidade para conseguir, já que a rotina de trabalho dentro da ISS é bastante intensa.

Se masturbar

As mesmas regras morais que valem para relações sexuais também servem para a masturbação, já que é difícil ter um momento sozinho para isso e fazer o ato na frente dos colegas é, na melhor das hipóteses, vergonhoso, mas também pode ser classificado como assédio. Além disso, o ato de se masturbar libera fluidos corporais, que também podem chegar ao maquinário e danificá-lo.

Tomar banhos quentes

Assim como a tinta das canetas, a água dos chuveiros também precisa da força da gravidade para descer em direção ao solo, por isso, eles não foram sequer instalados na ISS. Além disso, a água precisa ser usada da maneira mais eficiente possível, o que faz com que os astronautas precisem tomar banhos de esponja usando água destilada da umidade do ar, lavagem de mãos e até urina.

Chorar

(O processo de descida das lágrimas dos astronautas é muito diferente do que o choro aqui na Terra. Imagem: Nasa/Divulgação)

Se todas essas razões deixarem os astronautas tristes e os fizerem chorar, nem isso eles podem fazer. Os astronautas não podem chorar porque é necessário que a gravidade aja sobre as lágrimas para que elas caiam pelo rosto. Na gravidade zero, as lágrimas formam uma espécie de bolha, que vai crescendo gradativamente, até que fique grande o suficiente para se desprender dos olhos.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!